» TRABALHOS

PEC 241 ou 55 a favor do Brasil

TRABALHOS (16/11/16)  
Dentro do complexo mundo político, um grande debate sobre à aprovação da PEC 241, tem dominado o cenário nacional. Trata-se de um Projeto de Emenda à Constituição Federal que tem como objetivo criar limites para os gastos públicos. A PEC cria limites que estão conectados com a realidade financeira e econômica do Estado Brasileiro. 
Nos últimos anos, com estilo de política que praticamos, a iniciativa privada perdeu força, e, o setor público ficou inchado. A maior parte da riqueza gerada no país, se deu ao redor do setor público. Com esse estilo de gestão chegamos ao fundo do posso. O Estado Brasileiro está literalmente quebrado. A principal marca do governo anterior que aplicou esse modo de administração, foi o total descontrole das contas públicas. Sempre se gastou muito mais do que se arrecadou.
A PEC 241 fará esse controle. Promoverá um forte ajuste fiscal. O Estado diminuirá de tamanho, e, vai poder se concentrar nos investimentos básicos necessários, educação, saúde e infraestrutura. Com à aprovação da PEC não haverá mais dinheiro para manter os super salários que existem nos três poderes. Também deverão ser cortados os luxos e mordomias da classe política e de todos servidores públicos. 

A PEC é a demonstração clara de que o governo atual está preocupado com o futuro da nação. Ela não é suficiente para salvar nosso país. Mas, é um forte primeiro passo na direção certa, para recuperar nossa credibilidade internacional e nacional. Percebe-se com clareza que estamos pensando no país dos próximos 50 anos, não no país das próximas eleições. 

Agora, vamos identificar os políticos que realmente se importam com a educação e a saúde. Os políticos ligados ao governo anterior, que tentam nos fazer acreditar que à aprovação da PEC 241 trará prejuízos para os investimentos nessas duas áreas, são mentirosos e hipócritas. Querem na verdade manter a falta de controle anterior, para preservarem seus luxos, mordomias e fazerem o que bem entendem com nossos recursos. 
O Ministério Público Federal se manifestou contrário à aprovação do texto da PEC, porque tem consciência que perderá dinheiro no seu orçamento. Talvez não tenham mais recursos para pagar os bons salários que recebem. Enfim, os políticos e líderes de poderes que se manifestaram contra, estão com medo de não ter dinheiro para pagar seus super salários e para manter suas mordomias. 

Nos últimos dois anos nossa economia se enfraqueceu muito. Com a diminuição da economia, os valores arrecadados pelo Estado Brasileiro, bem como, por todos os Estados da Nação, despencaram. Não temos condições de continuar da forma que estamos. Precisamos de um forte ajuste fiscal. Que realmente diminua o tamanho do Estado, e, incentive o setor privado a crescer. 

Precisamos debater uma série de problemas. Como a reforma trabalhista, tributária e previdenciária. Mas, o primeiro passo é à aprovação da PEC 241. Não se enganem, estamos começando a pensar grande. Espero que não nos desviemos dessa direção. Ao contrário, desejo que possamos enxergar, o fato de que uma nação forte tem um Estado pequeno e ajustado, que realmente cuida do básico, e, um setor privado empreendedor, que cresce livre, com certo grau de regulação, sem tanto ônus para manter nosso Estado, que se compara a um imenso Elefante Branco. 
A história recente da humanidade, mais precisamente o último século, nos provou, que essa é a forma correta de pensarmos. Assim, vamos torcer pela aprovação da PEC 241.








Feliz Natal!
ar2
Webmail Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook Resultados no Bing Resultados no Google RSS Feeds
                   Inscreva-se em nosso CANAL